Garvetur nomeada mediadora oficial do L'Orangerie (Fase II), primeiro empreendimento em construção da nova Vilamoura

Voltar á listagem

A Garvetur, empresa imobiliária com um percurso de mais de três décadas na região algarvia, soma ao seu vasto portefolio um dos ativos mais exclusivos de Vilamoura, o Empreendimento L’Orangerie (Fase II) para o qual foi recentemente nomeada mediadora oficial.

Garvetur nomeada mediadora oficial do L'Orangerie (Fase II), primeiro empreendimento em construção da nova Vilamoura

Desta forma, a Garvetur ficará responsável pela apresentação ao mercado da nova perspectiva de desenvolvimento de um resort que ao longo dos últimos 50 anos ocupa um lugar de destaque no destino Algarve, propriedade da Vilamoura World.

“Estamos muito satisfeitos com a escolha de Juan Gomez Vega, CEO da Vilamoura World, que elegeu a nossa empresa como mediadora oficial de um empreendimento que é uma das jóias da coroa desta nova fase do resort mais famoso do Algarve”, salienta Reinaldo Teixeira, administrador da Garvetur.

Por outro lado, a opção por uma mediadora oficial nacional para este projeto “representa uma prova de confiança, sendo um indicador quer da qualidade dos nossos serviços baseados numa experiência de 33 anos no mercado imobiliário do Algarve, como da intenção de os novos proprietários da Vilamoura World estabelecerem parcerias estreitas e profícuas com os players que conhecem profundamente Vilamoura. Acreditamos que esta vai ser uma parceria de sucesso”, acrescenta Reinaldo Teixeira.

Com um investimento total a rondar os 10 milhões de euros, a fase II do L’Orangerie é o primeiro projeto da Vilamoura World a iniciar o seu desenvolvimento. Inclui 6 moradias isoladas com piscina privada, 18 moradias com jardim privativo e pátios interiores, 8 apartamentos de tipologias T1, T2 e T3, com vista para o mar ou para os campos de golfe, num total de 32 unidades que se caracterizam por elevados níveis de sofisticação e exclusividade.

São mais de 7 hectares com baixa densidade de construção, com uma arquitetura que privilegia uma ambiência contemporânea de grande luxo e elegância, acentuada pela envolvente natural proporcionada pelos golfes Victoria e Millenium, dois dos melhores campos do Algarve, tendo por horizonte o Oceano Atlântico.

Segundo o administrador da Garvetur, esta oferta corresponde à crescente procura que se tem verificado no mercado imobiliário em Portugal por parte do mercado internacional, “em especial neste segmento de luxo e exclusividade. Esta fase II do L’Orangerie surge como uma excelente oportunidade, agora que o timing é propício a investimento”, considera.

Na fase II do L’Orangerie, o preço das 18 moradias varia entre os 420 mil e os 470 mil euros, enquanto o dos apartamentos oscila entre os 310 mil e os 540 mil euros; quanto às seis villas, os valores vão dos 910 mil aos 960 mil euros, “o que representa um preço muito apetecível para uma vivenda de luxo no Algarve”.

Entre os privilégios dos novos proprietários contam-se a concessão de empréstimos a taxas de juro preferenciais, bem como a adesão ao programa exclusivo V-Club, que assegura vantagens especiais em inúmeros parceiros como hotéis, restaurantes e estruturas de lazer, convites para eventos e um serviço de concierge, entre outras facilidades.

 

 

Sobre o L’Orangerie

Um condomínio fechado de superior exclusividade

L’Orangerie são mais de 7 hectares de uma ambiência contemporânea de grande luxo, superior elegância e uma baixa densidade de construção. Constituído por villas V3, moradias T2 e apartamentos T1, T2 e T3, o L’Orangerie é um condomínio residencial que se carateriza pelos seus altíssimos níveis de sofisticação e exclusividade.

Está situado em zona nobre de Vilamoura, rodeado pelos campos de golfe Millennium e Victoria, a escassos 3 kms da Praia e da Marina.

Inicia agora a construção da sua fase II, num total de 32 unidades que deverão estar concluídas no Verão de 2017 e poderão depois ser entregues aos proprietários.


Sobre a Garvetur

A Garvetur é uma mediadora imobiliária a trabalhar desde 1983, e oferece serviços chave na mão e assessoria global de serviços. Possuímos uma vasta experiência na comercialização de empreendimentos habitacionais, aldeamentos turísticos, lotes de terreno, imóveis para negócio, nos segmentos residencial e turístico.

 Sedeada em Vilamoura, Algarve, o mercado de oferta prioritário, a Garvetur possui delegações na maioria das cidades algarvias e em Lisboa, cooperando com vários grupos empresariais e operadores nacionais numa rede nacional e internacional.

 A Garvetur criou uma abordagem inovadora em Portugal, ao intervir em todo o ciclo de investimento nas vertentes imobiliária e turística, aposta consolidada com a criação da Enolagest, SGPS, que permite à nossa empresa, líder do Grupo, um serviço exclusivo.

O Grupo Enolagest congrega atualmente 38 empresas e abrange todo o ciclo dos setores imobiliário e turístico ao prestar serviços de consultoria, mediação no imobiliário de investimento, compra, venda, arrendamento de casas para férias, construção, reabilitação, manutenção, reparação, decoração de interiores e espaço exterior, assim como a gestão de imóveis e a área de seguros nos serviços de pós-venda. O Grupo marca também presença no setor da educação e formação profissional.

Partilhe esta notícia:

Partilhe por email

  • Garvetur finaliza comercialização do Benagil Villas

    Garvetur finaliza comercialização do Benagil Villas

    O empreendimento «Benagil Villas», junto à praia do Carvoeiro, foi já totalmente comercializado, anunciou a Garvetur Property, promotora do projeto, desenvolvido em parceria com a 10 Invest e a empresa Cruz e Marques, gerando um volume de negócios superior a seis milhões de euros. Trata-se de um complexo...

    Continuar a ler
  • Algarve Cluster Multiusos vai ser mesmo uma realidade

    Algarve Cluster Multiusos vai ser mesmo uma realidade

    Depois de um volte-face inesperado que atrasou em vários anos o processo, o Algarve Cluster Multiusos está de regresso ao bom caminho e já teve luz verde do governo português para avançar. O Núcleo de Desenvolvimento Económico de interesse regional vai ocupar perto de 60 hectares junto ao nó de ligação da Via...

    Continuar a ler
  • Novos Indicadores Bancários Mostram que Subiu o Número de Créditos

    Novos Indicadores Bancários Mostram que Subiu o Número de Créditos

    No final de 2014, o endividamento das sociedades não financeiras era inferior em cerca de 9 p.p. do PIB em relação a 2013. No primeiro trimestre de 2015, a capacidade de financiamento deste setor aumentou face ao trimestre homólogo de 2014. O nível de endividamento dos particulares continuou a...

    Continuar a ler